segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O que rolou em 2011: Cinema




O Natal passou e já estamos na última semana do ano. E o que isso significa? Simplesmente significa que de segunda a quarta vai ao ar um pequeno especial no blog chamado “O que rolou em 2011”, sempre com um tema diferente. E hoje nosso tema é cinema, então senta na cadeira, pega a pipoca e vamos relembrar o que marcou a sétima arte nesse ano.

Vou começar pelo que, pra mim, foi o melhor filme do ano: X-Men: Primeira Classe. Uma surpresa para muitos que achavam que vinha uma bomba (eu, como o otimista que sou, colocava fé no filme desde o começo) e agora é quase unanimidade quando se pergunta qual é o melhor filme desse ano.

Os motivos de ele ser tão bom são muitos: as cenas de ação legais, Magneto, história e personagens bem construídos, Magneto, algumas cenas de humor e referências muito boas e, claro, o Magneto.



Como “segundo melhor filme do ano” (seguindo bem de perto o X-Men) eu colocaria Sucker Punch, o filme com mais apelo nerd desde Scott Pilgrim Contra o Mundo. Não, ele não é tão explícito quanto o filme do cara que luta com sete ex-namorados da menina que ele gosta, mas as referências estão lá de qualquer forma.


O ano foi marcado por diversas surpresas no cinema. Algumas talvez tenham sido só para mim, como o Justin Timberlake se metendo a ator, atirando pra todo lado e fazendo desde comédias românticas a filmes que são uma reflexão sobre a sociedade. Outra é que a Fox fez alguns filmes por quem ninguém dava nada e deles saíram alguns dos melhores filmes do ano, como o já citado X-Men e Planeta dos Macacos: A Origem.

Esse ano também marcou o fim da saga de Harry Potter nos cinemas. Eu, que já tinha lido o último livro anos atrás, achei uma adaptação boa, digna de encerrar essa série importante.


Tivemos alguns filmes de super-herói muito importantes esse ano, como Capitão América e Thor, que prepararam o terreno pro filme dos Vingadores que sai ano que vem.  No lado da DC tivemos o longa do Lanterna Verde, que foi criticado como um filme bem mais ou menos.

Foi um ano mediano no cinema. Tivemos filmes muito bons, boas surpresas e muitas (muitas mesmo) adaptações/ continuações/ remakes. O próximo ano trará vários filmes muito aguardados pelo público, e aparentemente será um ótimo ano para o cinema. Então que venha 2012.

0 comentários:

Postar um comentário