terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Eu assisti: Megamente



Eu gosto muito de animações e de super-heróis, portanto quando descobri sobre esse filme no final do ano passado eu logo quis assisti-lo. Mas como minha vida não é uma coisa tão fácil, não tive oportunidade de ir vê-lo. Aí o Telecine me proporcionou assisti-lo ontem, e ele era tudo o que eu imaginava.

No filme conhecemos Megamente, um vilão que mantém uma certa rivalidade com o super-herói Metro Man desde a infância, e que nunca conseguiu ganhar dele. Um dia, um de seus planos finalmente dá certo e ele consegue dominar a cidade de Metro City. Então ele percebe que sem seu algoz ele não tem mais objetivos na vida, e resolve criar um novo herói para lutar com ele.


Megamente tem uma premissa genial, pois o protagonista é o vilão, não o herói. Vemos os fatos que o levou a se tornar um “cara mal”, seus motivos para agir assim e até simpatizamos com ele e passamos a nutrir certa antipatia pelo Metro Man, torcendo pro azulão acabar com ele.

O longa tem como inspiração alguns outros heróis (principalmente o Superman) e faz muitas piadas com as situações típicas e clichês do gênero, além de fazer referências a filmes de ficção científica e até uma (absolutamente fantástica) a Donkey Kong.


A trilha sonora é muito legal, contando com bandas como AC/DC, Guns N’ Roses e Ozzy Osbourne (CRAZY TRAIN, meu amigo!). Elas combinam muito com o clima do filme e empolgam e divertem quem estiver assistindo.

O filme é divertido, engraçado e muito legal, garantia de risadas ao longo dele. Num tempo em que as animações cada vez mais carecem de criatividade é muito bom ver um filme assim.

1 comentários:

  1. Megamente...adorei esse filme logo quando vi o cartaz de estreia, nao me decepcionei quando optei por assistir em 3d no cinema, muito bom. Pretendo revê qualquer dia.

    ResponderExcluir